sebenta de anotações esparsas, pensamentos ociosos, reflexões cadentes, poemas difusos, introspecções de uma filosofia mais ou menos opaca dos meus dias (ou + reminiscências melómanas, translúcidas, intra e extra-sensoriais, erógenas, esquizofrénicas ou obsessivas dos meus dias)
-
cahier de notes éparses, pensées oisives, réflexions filantes, poèmes diffus, introspections d'une philosophie plus ou moins opaque de mes journées (ou + de réminiscences mélomanes, translucides, intra-sensorielles et extra-sensorielles, érogènes, schizophrènes ou obsessionnelles de mes journées)

domingo, 9 de agosto de 2009

Petite escapade


Fuga romântica até Paris. Vista do quarto onde dormimos. Cinco para a meia-noite e nós extasiados a bebricar champanhe, a partilhar entre lábios beijos doces e bonbons de chocolate numa varanda, com uma vista espectacular, disfrutando do ar ameno da noite parisiense.

E de repente, a torre do Gustavo, começou a cintilar, como animada de mil pirilampos ou estrelas caídas do céu naquele momento. Ouviu-se um enorme "ohhhhhh..." dos visitantes do primeiro andar da torre, que inusitadamente começaram a disparar flashes na nossa direcção. E nós... fizemos o nosso melhor sorriso-colgate :-))))

Thanx Beta! (ela sabe quem!) ;-)

3 comentários:

Anónimo disse...

Glad you liked it!
Eu continuo a achar que é mágico...
Beta

Alexandre Gaspar Weytjens / disse...

Vives num lugar mágico, c'est bien vrai! Disfruta todos os dias! I know you do!

Ana Cristina Pereira disse...

Bonito. Muito bonito, sim senhor,